RN EM FOCO

RIO GRANDE DO NORTE EM FOCO

RIO GRANDE DO NORTE EM FOCO
RIO GRANDE DO NORTE EM FOCO
Últimas Notícias
recent

Santo Antônio, Nova Cruz e Campestre receberão recursos adicionais do Ministério da Saúde por cumprirem critérios de qualidade na saúde bucal

A população do Rio Grande do Norte será beneficiada com a melhoria do atendimento especializado em saúde bucal. O Ministério da Saúde destinou R$ 970,2 mil anuais para 18 Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) de 17 cidades do estado. Em todo o Brasil, 673 municípios foram contemplados com mais de R$ 48 milhões por ano para que os estabelecimentos ampliem a qualidade dos serviços oferecidos à população. Dentre os municípios da região Agreste que tiveram a avaliação considerada positiva e serão contemplados com os recursos apenas Santo Antônio, Nova Cruz e São José do Campestre figuram na lista. 

O incentivo faz parte das iniciativas de modernização da gestão da saúde que vêm sendo promovidas pelo Governo Federal, com adoção de novos padrões e indicadores de qualidade. A avaliação é composta por três módulos. No primeiro, é verificado se a infraestrutura a manutenção e o uso dos equipamentos, instrumentais e insumos, estão sendo feitos de forma adequada. No segundo, são entrevistados o gerente do CEO e um cirurgião dentista para a obtenção de informações sobre o processo de trabalho, organização do serviço e cuidado aos usuários. No terceiro módulo, é feita uma pesquisa de satisfação com pacientes do Centro, que inclui perguntas quanto ao acesso e qualidade do atendimento.

A lista das cidades que vão receber os recursos adicionais, que se somam ao valor de custeio já pago a esses estabelecimentos, foi publicada na portaria 677/2015, que homologa a certificação dos CEO no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade dos Centros de Especialidades Odontológicas (PMAQ-CEO). 

MONITORAMENTO
Os 981 Centros de Especialidades Odontológicas que estavam em funcionamento em todo o país entre fevereiro e março de 2013 tiveram oportunidade de aderir ao PMAQ CEO de forma voluntária. Desses, 859 CEO aderiram ao programa, comprometendo-se a cumprir os critérios de qualidade pactuados, e passaram a receber um adicional de 20% no custeio mensal. Após a etapa de avaliação externa, os CEO certificados podem perder os 20% a mais de incentivo do PMAQ-CEO, manter os 20%, ou ampliar para 60% ou 100% adicionais, de acordo com o desempenho e cumprimento dos requisitos pactuados.

Os outros municípios contemplados foram Açu, Alexandria, Canguaretama, Caraúbas, Currais Novos, João Câmara, Macaíba, Macau, Mossoró, Parelhas, São Gonçalo do Amarante, São José do Mipibu, São José do Campestre, São Miguel e São Paulo do Potengi.

No ESO do Amigos da Onça

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.